Aos meus pais, avós e amigos.
A toda vida...
A toda a natureza..

Traduzir / Translate this blog

Poema da Vida

Poema da Vida


Olha o horizonte
Olha esse caminho distante
Percebe entre a morte, a vida que cresce como erva num solo acolhedor...
Entende o sentir mais forte...
Um pulsar real...
Sente o verdadeiro amor...!

Sim...
Olha o horizonte e tudo o que por detrás dele existe...!
Talvez oliveiras ou pinheiros mansos...
Talvez palavras caídas de um céu de inverno,
Ou gestos doridos num redemoinho de vento...!

Sim...!
Olha e observa o teu mundo... por inteiro...
Esse que um dia já foi meu...!
Observa-o...
Entende-o....
Contempla os seus pequenos... imensos milagres...!
Assiste ao nascimento dos bezerros, ao desmamar instintivo dos cabritos,
À sucessão das estações do ano... ao ritmo da vida...
Aprende a orientar-te pelos sinais da natureza...
Pelo seu tempo...
Pelo seu espaço...
Aprende... a orientar-te pelas estrelas
Como se fossem faróis na noite, de um mar perdido no espaço...!

Aprende apenas a viver assim na natureza...
Aqui... neste ideal mágico..!

Aprende a amar cada folha, cada pétala, cada bicho
Aprende a encontrar no meio do quotidiano...
Os elementos da felicidade... da simplicidade... da alegria...
Aprende a ser apaixonado.... a amar os outros... a amar o mundo... a amar tudo...
E assim...
Aprenderás a amar-te a ti próprio,
Aprenderás a encontrar companhia...
Quando estiveres sozinho...
E perdido no mar...!

Aprende... contigo mesmo...
E torna-te o autor...
Do poema da tua vida...!


Pedro Campos - in Antologia Poética - Poemas de Pedro Campos na Internet

Sem comentários: