Aos meus pais, avós e amigos.
A toda vida...
A toda a natureza..

Traduzir / Translate this blog

História na noite

Título: História na noite

Letra:Pedro Campos

1

Andamos os dois

Por aqui sem saber

Qual o rumo das palavras

Que no silêncio continuamos a dizer


2

De mãos desertas, frias e unidas

Numa dança, que não sabemos como pode acabar

Tentamos agarrar a noite,

Agarrar o sonho e a saudade

Agarrar o que não podemos agarrar...


Refrão

E perdidos numa história impossível

Mas em que a noite nos faz/fez acreditar

Acabamos por adormecer sentados nas pedras loucas do silêncio

Na ânsia de sermos quem não podemos ser

Sentindo o que não podemos sentir

No desejo de que a noite não mais termine

Para que amanhã possamos continuar a sonhar...

Apenas a sonhar... a história que esta noite foi nossa.

3

Os olhos unidos, perdidos no ar

As mãos que quase se dão em cima do mar

E o tempo... e o espaço... e um guião de um filme

No diário esquecido dos nossos instantes

Este abraço... esta vontade...

Estamos prestes a voar... e a ser livres...


4

As rotas trocadas...

E as lágrimas dissecadas

O mundo aberto em formas de pensar

Somos filósofos na noite...

Somos pessoas vivas...

Com o nome inscrito num diário/monumento por inventar...

Refrão (repetir)

Pedro Campos

Sem comentários: