Aos meus pais, avós e amigos.
A toda vida...
A toda a natureza..

Traduzir / Translate this blog

Poesia

Poesia


Fiz da poesia o meu abrigo
Quando o amor ou o ódio me possuíram
E quando a morte se fez perto
Falei em poesia com Deus...
E penetrei fundo no universo...!

Com palavras encantadas no peito
Fiz promessas, apaixonei-me pelo vento
E a lua que brilhava no céu
Era musa que inspirava
A poesia que era eu...!

Poesia...
As palavras sentidas na alma
Instantes... vozes... segredos...
O mundo visto por quem sonha...
A vida sentida por quem ama...!

Poesia...
Versos embalados no tormento
Ou escritos enleados no amor do momento
Poesia..
Utopia...
Verdade...
Sentimento...
Poesia... o ar que respiro...
E me nutre de vida...!

Com a noite e o dia fiz poema...
Com a chuva e o sol adormeci
E a força que me invade o coração
É a magia alada
Que acontece na poesia...!

Com as mãos frias... cândidas... gélidas...
Palpei terrenos indizíveis e inóspitos...
Acendi velas que se apagavam com o medo e o rancor...
Dilui poções...
Desfiz bruxedos...
Para não me perder no mundo...!

Poesia...
A insanidade...
A loucura...
A imaterialidade...
O vazio... o cheio...
O obscuro...
A irrealidade...
De uma lucidez acordada e desperta...
Sempre aqui...
Na ponta dos dedos...
No centro da alma...
A poesia renasce... em mim... em ti... neles... em tudo e em todos...!
Sempre..!


Pedro Campos - Algures no tempo... (poema escrito há cerca de 3 anos)

Sem comentários: