Aos meus pais, avós e amigos.
A toda vida...
A toda a natureza..

Traduzir / Translate this blog

Hoje tentava escrever-te um poema...


Hoje tentava escrever-te um poema...


Hoje tentava escrever-te um poema
Não queria um poema qualquer
Mas um especial... só para ti...
Um especial como todos os especiais que te escrevo...

Hoje tentava escrever-te um poema ...
Mas as palavras não surgiam
O título, já tinha pensado nele
Seria.. «Amor é...»
Mas as palavras não vinham

Hoje tentava escrever-te um poema...
Daqueles que te provocam um arrepio na pele
Daqueles que são feitos de nós os dois
Transmutados na filosofia perfeita
De amar alguém...somente...

Hoje tentava escrever-te um poema...
Um poema que vibrasse na tremura da noite
Com palavras estruturadas em cambiantes de emoções
Enlaçadas ao infinito pelas linhas invisíveis do sentir
Essas que nos unem...
Essas que nos fazem sorrir...
Essas que são tudo o que nós somos...
E que estiveram em todo o lado a que nós fomos
E testemunharam todos os sonhos
Todos os beijos, abraços, músicas, desejos,
Todos os quartos, todos os horizontes, todas as paisagens
Todos os risos, todas as lágrimas
Todos os medos, todas as esperanças...
Todos os todos, todos os nadas
Todos os dias e todas as noites...
De que se compõe este poema ..
Esta vida..
Este amor...
Por ti...

Hoje, tentei escrever-te um poema...
Os dedos choraram gotas de cor
As unhas morderam-se entre os lábios que te beijam o sabor
E os olhos foram tudo num alento de verdade e calor
A imensa intensa sublime elevação perene
De te amar tanto e tanto
Tão fulgorantemente
Entusiasticamente o teu poeta
Apaixonadamente tu
A minha poesia...
Hoje tentei escrever-te um poema...
E não sei se sei
Se quem fez isto foi poeta
Ou somente sonhador...
Mas sei... tentei....
Hoje...
Escrever-te um poema...!


Pedro Campos - Amo-te...

Sem comentários: