Aos meus pais, avós e amigos.
A toda vida...
A toda a natureza..

Traduzir / Translate this blog

Colina desgastada...




Colina desgastada...



Eu penso-me aqui
Dedilhando palavras sem sentido
Reanalizo o grito
Do fim de mim em mim

Talvez não me sobre mais tempo
Talvez o tempo não seja mais meu
Esse que um dia corria livre pelo prado da imaginação
Esse que um dia...
Era o meu tempo.. sem nada mais a dizer

Hoje... preparo-me para viajar
Não sei para onde vou
Nem onde vou ficar
Mas o meu tempo acabou
De hoje em diante
Não sou mais eu
O pensamento do que sou

Sou somente uma colina esculpida

O resto de mim que ficou.



Pedro Campos

Sem comentários: