Aos meus pais, avós e amigos.
A toda vida...
A toda a natureza..

Traduzir / Translate this blog

Porquê...?


Porquê..?



Porquê...?
Porquê as lágrimas?
Porquê a dor?
Porquê?

Porquê...?
Porquê o vento....?
Porquê as mudanças do tempo..?
Porquê a ferida aberta no peito?
Porquê?... Porquê?..

É de noite e estou só...porquê?
Sou arrepio que queima... porquê?
Tu estás aí... longe...
E aqui... repete-se a ausência em mim...
O estar sem estar...
E saber-te... algures... longe...

E choro...
E dói...
Porquê...?
Porque é assim...?
Porquê?

Pergunto-me... na noite... sobre as perguntas que me invadem...
E preparo-me para dormir...
Esperando ainda algo vindo de ti...
Mas não veio nada...
E durmo...
Descanso...
Deito-me... na extensão arenosa do pensamento...
Enleado... numa música... envolvente...
E questionando-me... sobre... tudo isto...
Tudo isso...
Perguntando-me...
Assim...
Uma e outra vez...

Porquê...?



Pedro Campos