Aos meus pais, avós e amigos.
A toda vida...
A toda a natureza..

Traduzir / Translate this blog

A Expressão da Alma

A Expressão da Alma



Ouve-me...
Quando não souberes o que dizer perante a vida
Ou sentires uma dor tão forte quanto a imensidão do céu
Fecha os olhos no silêncio melodioso do teu pensamento
E escuta o que ele te diz...

Ouve-me....
Se no vento das sombras olvidar-se o teu momento
Ou uma bruma de vazio aniquilar os teus sonhos
Tapa os ouvidos, olha o instante que cede ao instante seguinte...
E apreende o que nele existe....

Fica atento e alerta
Às manifestações pulsantes do teu corpo
Aprovando ou negando as diligências aventureiras da tua alma...
E cede quando tiveres de ceder
Aguenta quando tiveres de aguentar
Mas, sobretudo, não te percas na loucura seca dos dias que passam sem cessar
Não te deixes alienar pelo ritmo do mundo, pela sua frieza e indiferença
Aprende a conversar com as estrelas
Ou a dialogar com os animais e plantas
Observa os olhos das pessoas e apaixona-te sem medos, nem temores...
Atenta nesta dimensão que expressa a expressão da alma
Essa que disfruta da mais longínqua estrela como farol
E que deambula no mundo do infinitesimal universo, esvoaçando sem asas nem pára-quedas
Porque aí alcançaste a felicidade...
De seres capaz de viveres a vida a contemplar...
Nem sempre feliz, nem sempre triste...
Porque a vida é como o céu... umas vezes azul, outras vezes cinzento...
Resta-nos o direito de colorir essa tela em branco... com os nossos sonhos...
Resta-nos o direito de sermos artistas...
Mas acima de tudo, o direito de sermos amantes... a cada dia que passa....
Poetas ... na expressão da alma...!

(...)

Pedro Campos


Sem comentários: